Falta Bush no banco dos réus (Bourdoukan)


No blog do Bourdoukan, em momento oportuno:

O Tribunal Penal Internacional, sediado em Haia, está julgando o ex-líder sérvio Radovan Karadznik por crimes contra a humanidade.
Kardznik já declarou que não fez nada sem o conhecimento e apoio dos Estados Unidos. E teme ser assassinado na prisão.
Um dos documentos em poder do TPI relata:
“Crianças muçulmanas bósnias de seis anos foram violadas na frente de seus familiares. Três moças muçulmanas foram estupradas por soldados sérvios durante três dias. Depois de satisfeitos, os soldados empaparam os corpos das moças com gasolina e tocaram fogo.”
O documento informa ainda que observadores da própria ONU relataram que um avô foi forçado pelos milicianos sérvios a comer o fígado do neto.
Em Broko, cidade capturada pelos sérvios, os mortos eram retirados das valas e levados a um frigorífico, onde eram transformados em comida para os animais.
Antes de Karadzik, o ex-presidente da Sérvia Slobodan Milosevic, havia sido preso pelo mesmo tribunal e sob a mesma acusação. Ele foi morto na prsião sob circunstâncias misteriosas enquanto aguardava a sentença.
Por quê Bush continua solto?

Seymour Hersh, do New Yorker, o primeiro jornalista a denunciar as torturas praticadas pelos soldados americanos na prisão de Abu Ghraib, Iraque, afirmou, durante palestra, que assistiu a tapes “onde podíamos ver as crianças sendo sodomizadas.

O pior de tudo era ouvir seus gritos”. (Leia o restante aqui)

Anuncios

Un pensamiento en “Falta Bush no banco dos réus (Bourdoukan)

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s